iOrbix
Email
Password
1-3 of 3
1
 
[i]; eu não sou linda, não tenho cabelos invejáveis como os das capas das revistas, não tenho o sorriso mais lindo do mundo, não tenho um corpinho de modelo, ou um corpão de parar o transito, não tenho facilidade para andar de salto alto, mas até que me esforço, não sou toda delicada como uma barbie e não sou cheia de frescuras que muitas miúdas costumam ter, não fico histérica se uma unha se partir, e nem vou ao cabeleireiro todas as semanas...
E, não é por isso que deixo de ser feminina, para ser feminina, não é preciso estar maquilhada, nem estar sempre de saltos agulha, e acho que o que diferencia uma mulher de uma simples menina, são as suas atitudes . [/i]
 
 
[c=#0073E5][i]Te apaixonares ?
Rires-te ate doer a barriga ?
Encontrares milhares de mensagens dos amigos no telemóvel?
Passeares por algum lugar lindo?
Ouvires a tua canção favorita no carro?
Deitares-te na cama e ouvires a chuva lá fora?
Saires do duche e teres a toalha quente?
Receberes uma chamada de alguém que não vês há muito tempo?
Uma boa conversa?
Encontrares dinheiro numas calcas que não vestias desde o ano passado?
Rires de ti mesmo?
Chamadas a meia noite que duram horas?
Rires sem motivos?
Ouvires acidentalmente alguém que fala bem de ti ?
Acordares e dares conta que ainda podes dormir um par de horas?
Ouvires a canção que te recorda "essa" pessoa especial?
Fazeres parte de uma boa equipa?
O primeiro beijo?
A primeira vez de algo significativo?
Fazeres novos e bons amigos?
Sentires cócegas na barriga cada vez que vês a "tal"pessoa?
Passares um bocado com os melhores amigos?
Veres felizes as pessoas que amas?
Usares a camisola da pessoa que gostas e sentir o seu perfume?
Veres um velho amigo e sentir que as coisas não mudaram?
Olhares um pôr do sol?
Teres alguém que diga que te ama?

Há coisa melhor? ♥[/i][/c]
 
 
[i][c=#0073E5]O amor é o início. O amor é o meio. O amor é o fim. O amor faz-te pensar, faz-te sofrer, faz-te agarrar o tempo, faz-te esquecer o tempo. O amor obriga-te a escolher, a separar, a rejeitar. O amor castiga-te. O amor compensa-te. O amor é um prémio e um castigo. O amor fere-te, o amor salva-te, o amor é um farol e um naufrágio. O amor é alegria. O amor é tristeza. É ciúme, orgasmo, êxtase. O nós, o outro, a ciência da vida.
O amor é um pássaro. Uma armadilha. Uma fraqueza e uma força.
O amor é uma inquietação, uma esperança, uma certeza, uma dúvida. O amor dá-te asas, o amor derruba-te, o amor assusta-te, o amor promete-te, o amor vinga-te, o amor faz-te feliz.
O amor é um caos, o amor é uma ordem. O amor é um mágico. E um palhaço. E uma criança. O amor é um prisioneiro. E um guarda.
Uma sentença. O amor é um guerrilheiro. O amor comanda-te. O amor ordena-te. O amor rouba-te. O amor mata-te.
O amor lembra-te. O amor esquece-te. O amor respira-te. O amor sufoca-te. O amor é um sucesso. E um fracasso. Uma obsessão. Uma doença. O rasto de um cometa. Um buraco negro. Uma estrela. Um dia azul. Um dia de paz.
O amor é um pobre. Um pedinte. O amor é um rico. Um hipócrita, um santo. Um herói e um débil. O amor é um nome. É um corpo. Uma luz. Uma cruz. Uma dor. Uma cor. É a pele de um sorriso.[[/c][/i]
 
1-3 of 3
1
Bruna Raquel | Blog | iOrbix
JavaScript is disabled on your browser.
iOrbix won't work properly if your browser doesn't have JavaScript enabled.
Please enable JavaScript, or alternatively, access iOrbix Mobile.