iOrbix
iOrbix will be Migrating to Similar Worlds
Similar Worlds
Email
Password
1-1 of 1
1
 
Quantas vezes andei eu a vaguear solitária
Procurando alguem

com quem dividir minhas lágrimas e
Fazer chorar comigo com minhas tristezas.

Desbrochar o teu sorriso, traindo as minhas magoas
onde o meu mundo obscuro sobrevive em cada bater do meu coração solitário.

Quantos olhares ficam marcados por cada dor que passam
Cada rosto transparente, que o odeo formou

Quantas almas conjugao os seus porques perdidos
Procurando o abraço quente de alguem.

Procurando de uma palavra aberta ou de um sorriso...
Quando a noite chega eu sinto a solidao a chegar junto de mim

E ai eu liberto o meu coraçao cheio de melancolia e abandou.no pela noite fora
salientando a escuridao

Pois eu senti a escuridao desse ADEUS.
Sofrendo dentro dos meus silencios fechados

O meu tempo esta a rastejar por esta calçada intensa
Por respeito aos contornos do teu rosto, eu decorei que o teu amor e paixao ardente!

Onde me perco nessa chama de palavras
Essa droga que se torna vicio onde nao me abstenho

E o veneno necessario onde se compoe de sentimentos esquecidos
Recolho dos meus sonhos as saudades que teria medo de sentir

Vendo o tempo todo que tentei nao deixar deslizar o sorriso entre os dedos das maus como agua de minhas lagrimas escorrem pelo meu rosto
O meu silencio permanece tanto que o meu coraçao jamais falará mais

O que ele nunca pensou dizer foi...

Que um dia te esquecerá
 
1-1 of 1
1
Liliana Silva | Blog | iOrbix
JavaScript is disabled on your browser.
iOrbix won't work properly if your browser doesn't have JavaScript enabled.
Please enable JavaScript, or alternatively, access iOrbix Mobile.